Imunização Lenta - Governo volta a reduzir doses para Itatiaiuçu

Por Publicado em:18/06/2021 | Atualizado em:18/06/2021 88
As novas doses contra a Covid chegaram ontem  para distribuição aos municípios em seguida As novas doses contra a Covid chegaram ontem para distribuição aos municípios em seguida

Com 128 unidades na semana, vacinação contra Covid perde velocidade

A população questionou a FOLHA nesta semana a respeito do andamento da imunização contra o coronavírus na cidade, que não teria avançado para novos grupos nesta semana e estaria causando a impressão de estar paralisada.
Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Saúde explicou que não houve nova paralisação, porém, na 24ª remessa, recebida nesta semana destinada pela Superintendência Regional de Saúde de Divinópolis, apenas 128 doses foram designadas para Itatiaiuçu, sendo 80 AstraZeneca e 48 Pfizer.
Unidades que foram usadas para a vacinação das pessoas com comorbidades. “Temos muitas pessoas com comorbidades em nosso município e não conseguimos imunizar todos até 30 anos ainda, somente no bairro Robert Kennedy, que é nossa maior população, são mais de 100 pessoas”, explicou Ingrid Faleiro, enfermeira referência em Saúde do Município.
Por isso, como destaca a Secretaria, ainda não houve avanço para outros grupos, como o por idade, por exemplo, dando continuidade à vacinação abaixo de 50 anos, por falta de doses.

25ª remessa

Ontem, 18, o governo de Minas Gerais afirmou que recebeu o 25º lote contendo 508.170 doses: 235.170 da Pfizer e 273 mil da CoronaVac, que foram distribuídas às 28 Regionais de Saúde e, na próxima semana, devem chegar aos municípios.
Tanto a Pfizer quanto a CoronaVac, como explica o governo, serão destinadas à imunização dos grupos prioritários elencados pelo Plano Nacional de Imunização - PNI.

Gripe em falta

Sem qualquer explicação objetiva, a Regional de Divinópolis não repassou a Itatiaiuçu doses de vacina contra a gripe nesta semana. De acordo com Ingrid Faleiro, normalmente são enviadas semanalmente de 320 a 350 unidades, porém não houve repasse.
Questionada em reunião na última terça-feira, 15, a Regional de Divinópolis afirmou que não há explicação por parte do governo estadual, apenas não encaminharam. Atualmente a campanha está na fase de imunização de integrantes das forças de segurança e salvamento, pessoas com comorbidades, condições clínicas especiais ou com deficiência permanente, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário.

Última modificação em Sexta, 18 Junho 2021 17:35

Compartilhe esta notícia