Educação Estadual - 700 novos profissionais para o ensino híbrido

Por Publicado em:18/06/2021 | Atualizado em:29/11/-0001 18

Escolas terão um Especialista em Educação Básica por turno e mais um Assistente Técnico de Educação Básica

A fim de fortalecer o ensino híbrido, a Secretária de Estado de Educação de Minas Gerais - SEE/MG anunciou, em vídeo, nesta segunda-feira, 14, que as unidades de ensino regulares passarão a contar com pelo menos um Especialista em Educação Básica - EEB por turno e com mais um Assistente Técnico de Educação Básica ATB nas escolas estaduais, contratados de forma temporária.
Conforme anunciado pelo governo do Estado, os profissionais da Educação que atuam em escolas estaduais localizadas em municípios que estão em onda verde ou amarela do plano Minas Consciente e que a prefeitura não apresenta restrições retomaram o trabalho presencial também no último dia 14. Os alunos irão retornar na próxima segunda-feira, 21, de forma gradual, começando com as turmas do 1° ao 5° ano do ensino fundamental.
Com a participação é facultativa, surgiu a necessidade do ensino híbrido, com aulas presenciais e pelo Plano de Estudo Tutorado – PET, adotado desde 2020 devido à pandemia de coronavírus.
“A partir de agora, cada uma das escolas de ensino regular terá, pelo menos, um especialista por turno. Estamos anunciando a contratação de 704 destes profissionais. Outra demanda antiga dos gestores escolares e que busca permitir que eles possam estar cada vez mais focados na aprendizagem dos estudantes é a disposição de mais um ATB em cada escola”, afirma a secretária Julia Sant’Anna.
Segundo a SEE/MG, os EEBs terão papel estratégico na gestão pedagógica das escolas, atuando na formação e orientação aos professores, no acompanhamento dos alunos e na articulação com a comunidade. O objetivo da medida é que cada escola possa contar com um profissional por turno. Já os ATBs são profissionais do quadro administrativo que colaboram com ações de organização, registros e acompanhamento de dados e informações em parceria com o gestor escolar.

Compartilhe esta notícia