Rodrigo Pacheco defende liberdade de Imprensa e repudia ataques a jornalistas

Por Publicado em:07/04/2021 | Atualizado em:07/04/2021 36
Rodrigo Pacheco defende liberdade de Imprensa e repudia ataques a jornalistas Marcos Oliveira/Agência Senado - 15.dez.2020

BRASÍLIA – Em videoconferência, nesta quarta-feira (7), com membros de diversas entidades e órgãos que representam os profissionais de Imprensa, o presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco (Democratas-MG), ressaltou a importância do trabalho exercido pelos jornalistas e repudiou episódios de ataques à liberdade de Imprensa. Os representantes apresentaram uma série de demandas ao senador mineiro durante a reunião que coincidiu com a data em que é celebrado o Dia do Jornalista.

“A profissão do jornalista e o seu exercício são absolutamente fundamentais para o Estado Democrático de Direito, e que deve se pautar pela mais absoluta liberdade, a liberdade de Imprensa, a livre manifestação do pensamento, a liberdade de expressão, o sigilo da fonte, ou seja, todos os fatores, elementos e preceitos que fazem dessa profissão uma profissão essencial”, afirmou o presidente do Senado.

Pacheco declarou que abomina qualquer tipo de violação às prerrogativas profissionais, como as inerentes ao jornalismo. Para o parlamentar mineiro, esse tipo de ato se revela muito preocupante porque é preciso preservar o Estado Democrático de Direito. “Uma geração anterior à minha conquistou a democracia no Brasil, e a nossa obrigação é preservá-la. E preservar a democracia é preservar direitos básicos, que é o da liberdade de expressão, da livre manifestação de pensamento e de uma Imprensa livre”, ressaltou.

Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Quarta, 07 Abril 2021 20:33