Indenização em Pinheiros - 655 famílias vão receber R$ 549 cada

Por Publicado em:30/04/2021 | Atualizado em:29/11/-0001 17

A assessoria da ArcelorMittal informou que 655 núcleos familiares de Pinheiros serão indenizados em R$ 549,61 cada após o acionamento acidental das sirenes da mineradora no dia 8 de março. Os pagamentos, explica a mineradora, serão feitos até o dia 7 de maio para aqueles que já recebem algum tipo de auxílio da ArcelorMittal e, para os demais, 30 dias a partir da data do cadastro.
Como divulgado na terça-feira, 27, pela FOLHA, foi determinado no acordo entre a ArcelorMitttal, o Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual que os moradores que não possuem cadastro deverão solicitar, no prazo de 90 dias, o “pagamento da parcela no site da ArcelorMittal e, posteriormente, mediante agendamento prévio, retirar cartão para saque no posto de atendimento do distrito de Pinheiros”.
Porém, essas 655 famílias já foram pré-definidas e constam no mapeamento feito pela assessoria técnica independente (AEDAS) e apresentado, por meio de lista nominal, ao MP.
No Termo de Compromisso foi definido o valor total de R$ 360 mil a título de multa pelo acionamento acidental de sirenes, que ocorreu durante a execução de serviços de manutenção no sistema de comunicação de emergência. Na ocasião, as sirenes foram acionadas por uma única vez durante cerca de dois minutos. Todos os órgãos competentes e a comunidade foram imediatamente comunicados acerca do caráter acidental do acionamento.
Segundo a ArcelorMittal, não houve qualquer alteração na barragem nem no nível de emergência da estrutura. Os indicadores de segurança e a estrutura física da barragem também permanecem sem modificações. Além disso, ressalta que não há pessoas residindo dentro da chamada mancha de inundação.

Avalie este item
(0 votos)